quinta-feira, outubro 27, 2011

APRENDIZ DE MIM

Até onde meus limites permitiram eu pude ir, encontrei barreiras, desafios, mas me manti. No começo foi bem difícil, não entendia porque estava ali, naquele lugar sem chão, sem base alguma para por os pés, totalmente diferente do sonho estonteante que eu mesmo havia construído na cabeça. A insegurança tomou conta de mim, percebi que o relógio não me obedecia, tinha vida própria não era eu quem escolhia. Confesso que por vezes me desesperei, chorei, mas não parei. Vivendo nesse grande vazio, tive tempo de me conhecer e valorizar esse barco tão simples e seus navegantes que vivem tão sozinhos e aprissionados, que aprendem por si só. Aprendi a respeitar mais, a escutar mais, aprendi a empatia, revi meu conceitos, pré-conceitos e me desenvolvi. Me relacionei com os mais diversos níveis, pessoas de alta classe, pessoas de bom coração, outras amargas e de frieza visível. Não queria falar, mas falei, o sentimento de explodir falou mais alto, superei a mim e a meus medos. Decidi então conhecer novas águas, desvendar outros caminhos. Conheci novos navegantes, estes mais preparados e instruídos, sem a pureza dos esquecidos. Conheci incríveis lugares, sabores, humores, que até então só ouvia falar. Trabalhei demais, mais que muitos até, mas o trabalho dignifica o sujeito e me sinto confortável por isso, vivi emoções com reações distintas, que agora permanecem na memória, que levo pra vida. E como toda viagem tem seu fim, chega o momento de se despedir, onde a expedição acaba. Deixo esse barco com orgulho, com amigos, com carinho, com experiência, com a lembraça dos números, dos papéis, com lágrimas nos olhos e a certeza de que fiz o meu melhor. Agora sigo o meu destino, rumo a um novo porto, em busca de outras viagens e boas companhias, que ainda pretendo  encontrar nos imensos mares da vida.

30 comentários:

  1. parecia que estava falando de mim enquanto lia o texto, muito muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que se identificou com algo que eu tenha dito, fico feliz!! hehe. Volte sempre!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. que ótimo texto. eu estou precisando de um momento de aprendizado assim. ficar um pouco longe do que já estou acostumada, conhecer gente nova, lugares novos. e, quem sabe, me redescobrir também.

    ah, muito obrigada pelo elogio lá no blog :D fico bem contente :)

    ResponderExcluir
  4. Del Santana-

    Viagens assim são nos dada de presente, são experiências pra toda a vida, espero que você seja presenteada quanto antes. Obrigado pela visita!

    Beijo Grande !

    ResponderExcluir
  5. Como é bom aprender, sentir, perceber o crescimento em nós depois de alguma experiência, né, moço?

    Gostei do que li aqui.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Antes de perceber e tentar compreender os outros devemos conhecer um pouco de nós mesmos. E navegar por outros mares, conhecer novas horas e permanecer com novos caminhantes ou navegadores é a melhor maneira de nos instruirmos mentalmente e, por vezes, sentimentalmente. Adorei este teu espacinho, estou a seguir. Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo , com tanta verdade , me identifiquei tanto . Adorei seu blog , já tô seguindo .

    LUZ (:

    ResponderExcluir
  8. achas mesmo isso ? muito obrigada, obrigada mesmo.
    eu retribui, como é claro.
    um beijo.

    ResponderExcluir
  9. "superei a mim e a meus medos." Essa frase é algo muito verdadeiro assim como todo o texto! Adorei!
    Suas palavras foram maravilhosas

    ResponderExcluir
  10. É o ciclo da vida.
    Bom crescer e virar gente grande ;)
    Bjlhões.

    ResponderExcluir
  11. Gostei desse texto você escreve muito bem querido, crescimento faz parte da evolução humana.
    Obrigada por ter comentado o meu texto, não sou muito boa em palavras, foi bem dificil escreve-las

    Bjs

    http://soumagarota23.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. E eu tento ser sempre a personagem da minha história, por muitas barreiras e caminhos maus que ponham. Adorei o texto, escreves mesmo bem :)

    ResponderExcluir
  13. Luna Sanchez-

    Exatamente, nada melhor que perceber que de alguma forma crescemos, adquirimos mais experiência, estamos mais forte para encarar as disparidades da vida. Obrigado pela visita.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Paulo Silva-

    É de extrema importância termos tempo para nos conhecermos profundamente por dentro, para depois nos doarmos com sinceridade para quem está a nossa volta, quem convive com agente. Volte sempre cara.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Fernanda Lucena-

    Que bom que tenha se identificado, fico feliz :)
    Obrigado pela Visita ao Blog.

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. (in)felicidade-

    Claro que achei, gostei da maneira como escreves ;)

    Volte sempre *

    beijos

    ResponderExcluir
  17. Moni Abrao-

    Sua opinião é de extrema valia para este blog. Obrigado pela visita. Volte Sempre..
    Beijo Grande,

    ResponderExcluir
  18. Sorry i cant fly...-

    Tem toda a razão, o ciclo da vida é o grande responsável pelo nosso amadurecimento. Obrigado pela Visita.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Simone-

    Fico muito contente por ter gostado do texto, volte sempre que quiser.

    Beijo Grande.

    ResponderExcluir
  20. Marta Sofia -

    Obrigado pela visita, você tb escreves muito bem :) Volte sempre que quiser..!

    beijos

    ResponderExcluir
  21. Escreve bem demais, uma das melhores sensações perceber que aprendeu com você mesmo.Seguindo aqui
    http://saiadeflorbm.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. BelMendes-

    Obrigado pelas palavras e pela visita, volte sempre que quiser!

    Beijo Grande !

    ResponderExcluir
  23. Ana Luiza Cabral:

    Exatamente isso que devemos buscar, algo que nos traga Alegria e ensinamento. Obrigado Pela Visita !!

    beijos.

    ResponderExcluir
  24. - Susana:

    Fico feliz por ter gostado, volte sempre que quiser!

    beijos.

    ResponderExcluir
  25. Adoreeeeeeei. Enfrentar obstáculos sempre é uma coisa boa, pois consequentemente serve de aprendizado, seja você ou não vencendo aquele obstáculo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Thalita Paiva:

    Isso mesmo Thalita, e enfrentamos esse obstáculos diariamente, uns bem visíveis que conseguimos passar facilmente, outros que quase nos derrubam, e outros tantos que nos servem de lição e apredizado. Obrigado pela visita.

    beijos..!

    ResponderExcluir
  27. Nossa, aparentes coicidências, fortuito, não sei, mas certamente me identifiquei com seu blog e com as coisas que li por aqui!como é bom saber que existe pessoas em algum lugar, por vezes, distante,que se parece conosco no modo de pensar!
    Belíssimo texto,conteúdo assaz filosófico, realista, simples e profundo. A dor nos fazendo amadurecer, a vida nos ensinando a essência da felicidae nos relacionamentos!
    Alojarei por aqui, trago minhas malas!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  28. Denilson:

    Obrigado pelas palavras, sei que são sinceras! Volte sempre que quiser!

    Grande Abraço.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário sem roteiro. A PRODUÇÃO Agradece !