segunda-feira, março 26, 2012

Cortejar-te


Mansa, de mansinho, mansidão
Enobrece a minha alma, me inspira na canção


Claro, clarinete, claridão
Pinta o céu de azul, ilumina a escuridão


Graça, graciosa, gratidão
Agradeço teus carinhos, retribuo com paixão


Sol, soluçar, solidão
Sinto falta da doçura, de comer na sua mão


Ser, sensatez, sensação
Estar dentro de ti, controlar tua emoção


Escoar, esculpir, escorpião
Passear no teu veneno, expelir tua intenção.





20 comentários:

  1. Boa noite, Diego. Adorei a sua forma de escrever, achei ótima a inspiração, e a cadência dos versos tão belos.
    Seu poema tem força e beleza, e um encanto feminino muito interessante.
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  2. Encantada! Eu nunca havia visto um poema seu...
    Lembra que eu perguntava sempre se escrevia? Pois é, vejo que o faz muito, muito bem. Está lindo!

    Muito obrigada pelo carinho, também estou com saudades. Por enquanto não posso voltar, mas espero encontrar-te aqui e lá no meu retorno. Ah! Se tiver facebook, curte a página do blog, e me adiciona. rs. Beijos !

    ResponderExcluir
  3. rss, ficou musical, sonoro e muito legal...um abraço, amigo

    ResponderExcluir
  4. AMO poemas em que se brinca com as palavras, e devo concordar com o Sr. Canela. Dá vontade de pôr melodia e cantar *-* adorei, e muito!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Seu poema nos trás uma coisa da "entrega". Não sei, mas senti ao ler. Porém, bonito! Beijo, Ana.

    ResponderExcluir
  6. Seguiu-se, pois,
    bem cantarolado.
    Adorei teu recanto.

    ResponderExcluir
  7. Interessante aliteração; inspiração muito bem desenvolvida.
    Particularmente gostei da dialética; " comer na sua mão"/"controlar tua emoção".
    Abraços e ótimos alumbramentos!

    ResponderExcluir
  8. Muito bonito!
    Parabéns pelo poema.
    Beijo enorme!

    ResponderExcluir
  9. Amo Charles Chaplin.
    Adorei essa sua postagem.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Crer, cativar e caminhar
    Entrar no mundo teu e entregar-te o coração!

    ResponderExcluir
  11. Perfeito...nos seus vários sentidos e aprecia-se de todos os lados!
    Lindo. Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  12. "O verbo ler não tolera o imperativo, temos que seduzir, provocar, enamorar.
    Ler por prazer é algo contagiante.
    Tudo isto servirá no futuro como verdadeiros anticorpos para o choque invitável contra a mediocridade, a hipocrisia e a vulgaridade quotidiana, contra a aridez do espírito, a insensibilidade e o declínio das faculdades sensitivas da beleza."

    [Biblioteca José Saramago]

    Venho te Parabenizar pelo dia do Escritor! Que continuemos a encantar sempre!
    Abraço.

    http://apoetaesuasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Wow! Sensacional o seu dom de brincar com as palavras.

    gostei!

    ResponderExcluir
  14. Passei para deixar um grande beijo e desejar que seu final de semana seja muito especial, cheio de amor e alegrias.

    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Quanta sinceridade num poema desenhado e lindo.

    ResponderExcluir
  16. adorei seu blog compartilhei alguns dos seus textos venha conhecer o meu blog sera um prazer em receber sua visita bjs

    http://periperigosasensual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário sem roteiro. A PRODUÇÃO Agradece !